COMO RESPIRAR CORRETAMENTE NA NATAÇÃO?

COMO RESPIRAR CORRETAMENTE NA NATAÇÃO?

Continuando nossa série de postagens sobre respirações, hoje vamos falar sobre como respirar corretamente em cada nado.

Quando você aprende a nadar, uma das maiores dificuldades é a respiração. Todos nós aprendemos a puxar o ar com a boca e soltar pelo nariz dentro da água, este padrão é muito importante para que não entre água no nariz.

Respirar corretamente aumenta a autonomia de nado. Uma respiração errada faz com que precise parar a todo momento devido ao cansaço.

Vamos verificar a respiração em cada estilo.

CRAWL

No nado crawl a cabeça começa a girar (ficando paralela à água) quando o braço contrário ao lado que você vai respirar estiver entrando na água. Há bastante tempo para respirar, até que o braço do lado que você está respirando entre na água. Aí então se inicia a expiração.

Você pode respirar a cada duas, três ou mais braçadas.

 TENTE DEIXAR UM OLHO DENTRO DA ÁGUA

na foto Ian thorpe

 

COSTAS

Você pode respirar quando quiser e como quiser, mas aí vai uma sugestão: Quando estiver nadando em baixa intensidade puxe o ar quando o braço direito estiver no ponto mais alto da braçada e solte-o quando o braço esquerdo passar pelo mesmo lugar. Em intensidade média mude para um padrão de inspirar e soltar sempre no mesmo braço (2×1).

TER UM RITMO RESPIRATÓRIO PADRÃO FAZ OS PULMÕES FICAREM CHEIOS POR MAIS TEMPO E MELHORA A POSIÇÃO DE NADO.

 

na foto Ryan Lochte

 

PEITO

Levante a cabeça no começo da braçada, puxe o ar até que os braços estendam-se à frente e voltem à posição dentro da água. Respire uma vez a cada braçada. Não solte o ar logo que entrar com o rosto na água, deslize com o ar preso para aumentar a flutuabilidade e a posição de nado.

SOLTE O AR TODO DE UMA VEZ AO FINAL DO DESLIZE

na foto Rebecca Soni

 

BORBOLETA

Respirar é mais fácil do que aprender o estilo borboleta, propriamente dito. A cabeça sai da água no mesmo momento em que os braços se encontram na metade da tração. Isto dará bastante tempo para inspirar até que a cabeça volte a entrar na água. O mais comum é respirar uma vez a cada braçada, mas dá para respirar a cada duas ou mais braçadas.

MANTENHA O QUEIXO PRÓXIMO DA ÁGUA

na foto Michael Phelps

A partir do momento em que você melhora a técnica, a respiração se torna mecânica e fácil de ser realizada, além de aumentar o rendimento do nadador (se for feita de maneira correta).

Se quiser saber mais sobre natação siga nosso blog e nossas redes. A EVOLVE traz toda semana conteúdo sobre natação, maratona aquática aquathlon e triathlon.

Conheça nossos serviços e venha nadar com a gente!!!

Abraço e Bons treinos!

 

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: