DICAS DE TREINO COM TRAJE (NATAÇÃO E TRIATHLON)

DICAS DE TREINO COM TRAJE (NATAÇÃO E TRIATHLON)

O uso do traje tecnológico é um assunto muito polêmico e constantemente é discutida a sua eficácia real ou custo x benefício. A realidade é que todo nadador quer usar e acredita que isso é um diferencial na sua performance, mas será que quem usa está fazendo tudo da maneira certa?

A grande maioria dos atletas só entra em um traje para competir, quando na verdade deveria fazer do ato de nadar trajado uma rotina. Sabemos que muitos atletas não utilizam trajes para treinar para economizar pois o custo de um traje no Brasil é muito alto e a sua durabilidade deixa muito a desejar, mas isso é assunto para outra postagem. Hoje vamos tratar dos motivos que deveriam te convencer a treinar com traje.

Para começar não é preciso usá-lo o tempo todo. Traje de NATAÇÃO é importante em algumas séries ANAERÓBICAS durante a temporada, principalmente durante as fases finais da preparação, para ir entrando no clima e acostumando as sensações. Trajes de MARATONA e TRIATHLON são mais importantes para fazer séries longas de A2 e A3. Assim é possível analisar como seu corpo se comporta depois de meia hora ou mais sofrendo pelo aperto do traje e cansaço da série, situação muito parecida com a encontrada no dia da prova.

Também não é preciso usar durante todo o treino. No dia que tiver aquela série que seu treinador quer que você use traje se organize. Em algum momento do aquecimento saia, bote o traje e volte para reaquecer com alguma pré-série. Isso desgasta menos e dá uma “cara de competição” para o treino.

O QUE ANALISAR EM UM TRAJE ?

1- TEMPO PARA COLOCAR: Entrar em um traje não é tarefa fácil. Seja uma bermuda, um macaquinho ou um traje completo de borracha a tarefa é cansativa e demorada. Saber o tempo que você demora para colocar o traje e as “manhas” para entrar ajuda a diminuir a ansiedade no dia da prova. Quem já esteve “entalado” no meio do traje e vendo a hora de sua largada chegar sabe como é tenso!

2- MOBILIDADE: Ao fazer séries com o traje é possível avaliar as mudanças na sua flutuação e na mobilidade.

É muito comum atletas de NATAÇÃO terem um traje para nadar as provas de PEITO e MEDLEY e outro para as outras provas. Nadar PEITO com um traje que segura muito no quadril pode atrapalhar a técnica.

A galera da MARATONA AQUÁTICA e do TRIATHLON adora usar um traje completo porque ajuda muito na flutuação das pernas mas podem travar mais rápido os braços e trapézio. Muitos atletas não se adaptam a trajes de borracha que seguram muito nos ombros.

3-AJUSTES: Em nenhum deve entrar água, mas todos eles têm seus problemas.

Nas bermudas de NATAÇÃO a tendência  é entrar água por trás (“cofrinho”) e nos macaquinhos por trás e pelo peito, assim como nos trajes de MARATONA AQUÁTICA e TRIATHLON.

DICA DO TREINADOR

Nunca jogue um traje fora! Mesmo com pequenos rasgos ou transparente ainda dá para fazer séries com ele. Isso pode não ser o ideal mas já ajuda na sensação. A única coisa que é motivo para se desfazer de um traje é o tamanho. Se você cresceu e precisa de um número maior então perdeu mesmo, caso contrário transforme o traje surrado em um traje de treino, e não esqueça de doar o traje perdido para alguém menor que você ! Tem muita gente sonhando com traje por aí.

Abraço e Bons Treinos !

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: