DOR MUSCULAR TARDIA

DOR MUSCULAR TARDIA

Todo mundo já teve aquela dor muscular que vem um ou dois dias depois de algum treino e que parece piorar a cada hora. Por que será que isso acontece? Por que não começa logo depois do treino? Por que não acontece sempre? Nesta postagem vamos tirar todas as suas dúvidas sobre DOR MUSCULAR TARDIA.

POR QUE DÓI?

A dor é proveniente de microlesões no tecido MUSCULAR e CONJUNTIVO causadas por força mecânica excessiva nas FIBRAS MUSCULARES. Ainda não existe uma resposta definitiva sobre o mecanismo da dor tardia, mas o processo mais aceito é descrito no esquema abaixo:

dor muscular tardia

Não importa o seu nível de condicionamento, se fizer um exercício que trabalha um GRUPO MUSCULAR que não está acostumado àquele estímulo pode haver dor muscular. Mesmo um GRUPO MUSCULAR que trabalha sempre, se for estimulado de forma diferente pode ocasionar DOR TARDIA.

COMO EVITAR?

Há um consenso de que o exercício EXCÊNTRICO e intenso causa mais dor muscular, pois tem um maior potencial de ocasionar microlesões em relação ao trabalho CONCÊNTRICO. Portanto a recomendação para evitar a DOR TARDIA é planejar o aumento das cargas progressivamente, e ao inserir novos exercícios, que estes sejam realizados com carga baixa e com ênfase na fase concêntrica.

Este padrão de progressão lenta e cuidadosa evita que a dor ocasione perdas de treinos ou um rendimento esportivo abaixo do esperado.

POR QUE DEMORA?

Como pode ser visto no esquema, é um processo de muitas etapas e a dor é reflexo de um processo inflamatório. Até que a inflamação atinja um certo nível o corpo não se preocupa muito em “se defender”, mas quando ele percebe que precisa tomar uma atitude a resposta vem com força e é ai que se instaura a dor. Uma musculatura nesta situação pode ter edemas, inchaço e até mesmo um aumento da temperatura local.

REFERÊNCIAS

local.

Sua opinião é muito importante para nós. Obrigado

Seguir

Acompanhe nossas postagens

%d blogueiros gostam disto: