O QUE COMER ANTES, DURANTE E DEPOIS DO TREINO

O QUE COMER ANTES, DURANTE E DEPOIS DO TREINO

Quem treina tem fome! A postagem de hoje vai te ajudar a montar seus lanches ou suas refeições de maneira mais inteligente, aproveitando ao máximo os nutrientes em cada momento do seu dia de treino.

ANTES DO TREINO

A refeição anterior ao treino tem por objetivo nutrir e preparar o corpo para o esforço, portanto devem ser evitadas comidas gordurosas e de difícil digestão. O ideal é o pré treino conter carboidratos de baixo índice glicêmico, e quanto mais perto do horário de treino menor deve ser o volume da refeição.

Duas horas antes pode ser uma boa salada de vegetais com batatas e frango, mas uma hora antes é melhor um lanche de atum com pão integral, ambos acompanhados de uma fruta e muito líquido.

DURANTE O TREINO

Se alimentar dentro da água é algo difícil e por isso a maioria das pessoas opta por suplementos líquidos. A verdade é que para suplementar é preciso a avaliação de um NUTRICIONISTA, que vai avaliar sua alimentação, seu treino e sua rotina. Quase ninguém PRECISA de suplementos. Na maioria dos casos uma reestruturação da alimentação é mais saudável, mais barata e menos nociva a saúde.

Se você treina duas horas ou mais pode deixar 3 ou 4 bolachas salgadas na borda, ou alguns morangos, ou uvas, ou frutas secas, ou nozes etc… Qualquer coisa que de uma “enganada” na fome, mas não “pese” no estômago.

APÓS O TREINO

Depois do treino o objetivo é iniciar a recuperação muscular, por isso é importante fazer um lanche com carboidratos e proteínas, de preferência, no máximo 30 minutos após o término da sessão. Estudos apontam que esta janela de oportunidade faz mais diferença na recuperação do que a quantidade ou proporção de carboidratos e proteínas do lanche. Aquele lanche com pão integral e atum de antes do treino pode ser uma opção interessante para este momento. Já saia de casa com dois.

DICA DO TREINADOR

Ao montar seus lanches pense em coisas que não precisam de muitos cuidados dentro de sua MOCHILA DE TREINO. Frutas como mexerica, banana e maçã se acomodam facilmente na mala e não precisam de muitas embalagens. Frutas secas precisam de um saquinho ou de um recipiente, mas mesmo assim podem ser transportadas com facilidade pois a quantidade necessária para o lanche é baixa. Pão de forma ou bolachas pedem potes maiores e que fechem bem para evitar acidentes. Não tenha vergonha! Compre uma lancheira de criança. Ela irá suprir todas essas necessidades, pode molhar e é térmica. Sem contar que se é à prova de criança vai durar bastante em sua mala.


Estas são apenas algumas dicas que podem ajudar você a dar um pontapé inicial na sua melhora de alimentação, mas lembre de SEMPRE CONSULTAR UM PROFISSIONAL ESPECIALIZADO NO ASSUNTO. Da mesma forma que você procura a EVOLVE para saber de NATAÇÃO, procure um NUTRICIONISTA para saber de ALIMENTAÇÃO.

Abraço e Bons Treinos!

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: