PISCINA CURTA X LONGA

PISCINA CURTA X LONGA

Quando falamos sobre a NATAÇÃO COMPETITIVA existem 2 tipos de piscinas oficiais: Curta (25m) e Longa (50m).

Existe alguma diferença estratégica entre a curta e a longa? SIM!!

A principal diferença é o tamanho das passagens da prova (trecho). Enquanto em uma piscina de 25m você fica em um padrão de nado por ±10″ a ±20″ antes de quebrar o padrão e fazer a virada, na piscina longa este padrão deve ser mantido por ±25″ a ±35″ até a chegada da virada. Por isso é importante focar na resistência de FORÇA para a preparação para competições de piscina longa e resistência de VELOCIDADE na preparação física para piscinas curtas.

Na piscina curta existem mais VIRADAS do que na longa e por consequência mais SUBMERSOS, o que dá um peso maior a estes fundamentos na construção do resultado final de uma prova. Pela regra é permitido fazer um submerso de até 15m após cada VIRADA.

Ao se preparar para competições de piscina curta intensifique os treinos de VIRADAS, as sessões ANAERÓBICAS, HIITS e trabalhos de SUBMERSO ou QUINTO NADO. Já em eventos de piscina longa é mais importante focar nos trabalhos de FORÇA, A2 e A3.

Vale lembrar que todas as ZONAS DE TREINO são muito importantes na construção do resultado, mas as características de cada piscina ou prova devem ser respeitadas no momento dos TREINOS.

DICA DO TREINADOR

A maioria das piscinas em nosso país é curta, isso é um problema para se preparar para eventos de longa? NÃO!

Existem diversas estratégias para se preparar para a longa treinando na curta, vamos destacar as melhores para cada estilo:

BORBOLETA: em séries curtas (25m e 50m) use PARAQUEDAS pequeno. O tempo de tiro vai aumentar um pouco, o que adicionará algumas braçadas ao trecho.

COSTAS E CRAWL: Use ELÁSTICOS. Nadar amarrado a um elástico preso na borda faz com que demore mais para chegar na borda oposta, além de gerar uma sobrecarga progressiva no nadador. A cada braçada fica mais difícil progredir. Quem já nadou na longa sabe que é bem assim !

PEITO: Uma estratégia muito legal é tirar a FILIPINA  de um lado da piscina. Isso “quebra” menos o nado e dá uma sensação muito parecida com a de nadar na longa, aumenta o número de braçadas por trecho e melhora a resistência de força.

E quem treina na longa, como faz para treinar mais viradas? Um método que gosto muito para aumentar a quantidade de viradas é fazer séries saindo do meio. Ao começar um tiro de 100m na longa no meio da piscina o atleta faz duas viradas por 100m (25m/50m/25m) ao invés de uma se sair da borda (50m/50m).

CURIOSIDADES

Existe também a piscina de jardas que é comum nos Estados unidos mas não é reconhecida pela FINA para campeonatos mundiais, e os JOGOS OLÍMPICOS são sempre realizadas na piscina Longa.

inscreva-se em nosso blog para receber todos os conteúdos em primeira mão.

Abraço e Bons treinos!

 

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: