TÉCNICA DE ALIMENTAÇÃO EM MARATONA AQUÁTICA

TÉCNICA DE ALIMENTAÇÃO EM MARATONA AQUÁTICA

Nas provas de MARATONA AQUÁTICA que passam dos 5Km geralmente existe a possibilidade de alimentação durante a prova. Nesta postagem vamos falar sobre técnica, estratégia e o alimento correto.

LOCAL

A alimentação sempre ocorre em um lugar pré definido pela organização da prova, geralmente um píer, um barco, uma ponte ou alguma formação natural que possibilite o técnico chegar próximo o bastante do atleta. Em algumas ocasiões existem dois locais de alimentação e a escolha do local depende da estratégia de cada treinador/atleta.

ALIMENTO

A maioria dos atletas programam o número de paradas e preparam pequenas garrafas com o alimento que terá em cada uma. Devem ser utilizados um suplemento que o atleta já esteja acostumado, para evitar efeitos adversos durante a prova. Os mais indicados pelos nutricionistas são carboidratos simples para manter a glicemia em ordem. Dependendo da temperatura da água é importante deixar o suplemento mais quente ou frio para ajudar no controle térmico do atleta.

TÉCNICA

A alimentação deve ser feita com uma vara (previamente aprovada pela organização da prova) que entrega o alimento para o atleta. Durante a alimentação o atleta não pode se apoiar na vara, nem no barco ou píer. Qualquer ajuda externa é passível de desclassificação.

O técnico tem que conseguir colocar a vara nas proximidades do atleta sem que a garrafa caia. O atleta vira de costas e nada bebendo o líquido até que o técnico sinalize para voltar ao pelotão.

ESTRATÉGIA

Ao elaborar a estratégia lembre que se a alimentação for bem feita não é tempo perdido, é investimento em melhoria do tempo final da prova. As estratégias possíveis são muito variadas, porem vamos dar algumas dicas gerais:

  • Evite parar na primeira e na última volta.
  • Aproveite ao máximo o alimento.
  • Vá para as bordas do PELOTÃO quando estiver perto da área de alimentação. Algum adversário pode quer te prender para que perca a chance de se alimentar nesta volta.
  • Se estiver sozinho ou em um pelotão lento acelere antes de alimentar para compensar o tempo que vai perder na parada.

DICA DO TREINADOR

  • Numere as garrafas com o número da volta em que vai tomar.
  • Leve uma sacola térmica para manter a temperatura correta do suplemento.
  •  Utilize garrafas de água de 350ml bem finas (aquelas que são facilmente amassáveis).
  •  Lembre sempre de abrir a tampa da garrafa para que o atleta não perca tempo abrindo.
  • “Pesque” a garrafa depois de descartada. O MEIO AMBIENTE AGRADECE.

Provas mais curtas não tem locais específicos para alimentar por não haver necessidade. Caso o atleta sinta necessidade pode levar dentro do traje alguns “gelzinhos” ou até mesmo saquinhos com a suplementação.

Continuem seguindo nosso blog! Toda semana conteúdo de qualidade sobre natação e maratona aquática.

Você tem dúvidas sobre qualquer assunto do mundo da natação? Envie sua dúvida e faremos uma postagem sobre o assunto.

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: