TREINO DE FORÇA NA NATAÇÃO

TREINO DE FORÇA NA NATAÇÃO

Quando pensamos em treinos de força a maioria das pessoas pensa em musculação, barras, anilhas, LPO etc. Mas quando pensamos em treino de força NA ÁGUA a coisa fica mais complicada. Nesta postagem vamos explicar como funciona um treino de força e dar alguns exemplos práticos para você utilizar em seus treinos e aumentar seu nível de força.

Para aumentar os níveis de força é preciso colocar a musculatura em uma situação de sobrecarga. Gerar estresse e aumento de tensão nas fibras geram efeitos positivos no ganho de força. A água não propicia uma resistência grande o bastante e ainda por cima tende a dar uma característica ISOCINÉTICA aos movimentos. Por isso, para trabalhar força na água é preciso focar em aumentar sobrecarga e isso pode ser alcançado de três maneiras:

AUMENTAR O ARRASTO do nadador (PARAQUEDAS, REBOQUE, NADO ATADO)

Quando colocamos um paraquedas ou rebocamos um colega, aumentamos o nosso arrasto e por consequência, para gerar deslocamento, precisamos fazer mais força.

AUMENTAR AS ALAVANCAS de força (NADADEIRA, PALMAR)

Quando colocamos uma nadadeira ou palmar, aumentamos a alavanca e a quantidade de água que teremos que deslocar. O trabalho dos membros ficam sobrecarregados.

ISOLAR O TRABALHO dos grupos musculares (FLUTUADOR, PRANCHA)

Quando utilizamos flutuador, para trabalho de braço, ou prancha, para trabalho de pernas, isolamos todo o trabalho de nos deslocar para os membros superiores ou inferiores respectivamente. Isso sobrecarrega a musculatura e as articulações.

O principio básico de um treino de força é gerar uma sobrecarga muscular que vai aumentar o recrutamento de fibras (número de fibras musculares envolvidas na contração).

Ao iniciar um programa que contenha treinos de força, não é preciso começar com grandes resistências, porque inicialmente o maior ganho de força é ocasionado pela coordenação das fibras para realizar a contração muscular, o que é uma boa noticia porque a musculatura e as articulações precisam de tempo para se adaptar a esta sobrecarga. Com o passar dos treinos a sobrecarga pode ir aumentando gradativamente.

Com estas dicas é possível montar qualquer tipo de treino de força, mas como você viu, é preciso quase sempre da ajuda de algum material para gerar sobrecarga.

 

EXEMPLOS DE TREINO DE FORÇA

 

TREINO DE FORÇA MÁXIMA

4x (4 x 15m @1′   PARAQUEDAS e NADADEIRA, 100 Solto)

 

TREINO DE FORÇA RÁPIDA (POTÊNCIA)

4x (2 x 25 Nad PARAQUEDAS c/ 30″, 1 x 50 Nad A3 com material, 50 solto)

 

TREINO DE RESISTÊNCIA DE FORÇA

10 x 100 Cr PARAQUEDAS, NADADEIRA e PALMAR c/ 30″

 

Se você quer saber mais sobre treinos de força entre em contato através do email: contato@evolveswim.com e siga nossas planilhas de treino individualizados. O TIME EVOLVE espera por você. Abraço e Bons treinos!!!

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: