TREINOS DE NATAÇÃO: AN (ANAERÓBIO)

TREINOS DE NATAÇÃO: AN (ANAERÓBIO)

Nesta postagem vamos dar um exemplo de treinos de AN (Anaeróbicos).

AN é a quarta ZONA DE TREINAMENTO e pode fazer parte do programa de treino de qualquer atleta, mas com alguns cuidados em relação ao volume, frequência, idade e situação de saúde.

As séries de AN são utilizadas para trabalhar as reações do nosso corpo em situações de falta de oxigênio, pois compreendem nadar em altas velocidades, e por consequência, acima do limiar aeróbico, o que ocasiona a produção e o acúmulo de LACTATO.

A produção de LACTATO depende muito da quantidade de massa magra e cenário hormonal propício, por isso não é recomendada para as categorias MIRIM e PETIZ. Outras contra indicações são para atletas com arritmia, hipertensão e diabetes. Porem se controladas por medicamento e dentro de níveis normais a prática é considerada segura pela OMS (Organização Mundial de Saúde)

É considerado um treino em AN quando você está seguindo os seguintes parâmetros:

  1. FC acima de 180 BPM
  2. Escala de BORG  18
  3. Trabalhar em velocidade MÁXIMA

Uma dica para saber se está em AN é a sensação de rigidez muscular, dificuldade de realizar os movimentos com precisão, náuseas e dor de cabeça.

Os benefícios do treino em AN:

  1. Em relação ao LACTATO, melhora a velocidade de produção, a capacidade de produção e a resistência.
  2. Aumenta a tolerância a dor.
  3. Melhora a técnica de nado em altas velocidades.

Exemplos de  treino em AN:

Um treino de AN pode ser realizado de diversas maneiras :

PRODUÇÃO: Tem por objetivo aumentar a velocidade de produção de LACTATO

As metragens de tiro devem ser de 25m a 75m e os intervalos de tiro de 1′ a 3′ e é importante soltar entre as séries para remover um pouco do LACTATO e assim manter o sistema pronto para trabalhar em velocidade máxima.

EX: 3x (4×50 AN @2′) com 200 solto entre séries

TOLERÂNCIA: Tem por objetivo aumentar a tolerância a altos níveis de LACTATO no corpo.

As metragens de tiro devem ser de 75m a 200m e os intervalos de tiro devem ser passivos entre 30″ a 5′. O número de tiros pode ser uma faixa que dependerá do nível de tolerância de cada atleta. Não é recomendado soltar durante estas séries pois a ideia é acumular LACTATO.

EX: 6 a 8×75 AN @3′

POTÊNCIA: Tem por objetivo aumentar a capacidade de produção de LACTATO

As metragens de tiro devem ser de 10m a 50m e os intervalos de tiro quase totalmente recuperativos (30″ a 5′)

EX: 12×50 @5′

DICA DO TREINADOR

É uma prática comum abortar uma série de AN quando o atleta perde a capacidade de desenvolver altas velocidades, o que é um preceito desta zona de treino. 

Por isso não exite em interromper uma série de AN caso esteja muito fadigado. Continuar a dar tiros lentos não vai atingir o objetivo do dia e ainda aumentará o risco de lesão por estresse.

 

Se você gostou destes treinos entre em contato com a EVOLVE para saber sobre nossas PLANILHAS DE TREINO.

Se você quer saber mais sobre as ZONAS DE TREINAMENTO confira nosso blog

Abraço e BONS TREINOS !!!

 

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: