TREINOS NOTURNOS

TREINOS NOTURNOS

          Atletas amadores sempre tem a difícil tarefa de conciliar trabalho e treinos. Com uma rotina cada vez mais puxada, os treinos acabam ficando para os horários da noite e da madrugada, já que (geralmente) o dia todo é dedicado ao trabalho. Será que é preciso ter algum cuidado específico dependendo do horário do treino?

     Resultados de uma pesquisa recente realizada pelo Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos sobre a existência de um horário adequado para praticar exercícios apontam que o período matutino é indicado para pessoas que têm como objetivos  técnica e concentração, além daqueles que praticam atividades de longa duração e de intensidade leve a moderada. No final da tarde e à noite, o desempenho seria melhor para atividades de maior intensidade porque o pico da força muscular coincide com o aumento da temperatura corporal interna. Neste período também  é menos provável a incidência de lesões, uma vez  que  as articulações estão aquecidas e o indivíduo encontra-se  em  alerta máximo (REILLY et al. 2003). Porem após as 21h é notado um declínio no pico de força.

          É um consenso na literatura científica que os maiores cuidados ao treinar a noite ou de madrugada são referentes a quantidade e a qualidade do sono. Ao treinar produzimos hormônios estimulantes e aumentamos a temperatura corporal, ambos fatores que retardam a chegada do sono. E a necessidade de se alimentar bem após o treino pode retardar mais ainda o início do descanso.

          Com os devidos cuidados com a alimentação e sono é totalmente possível treinar à noite ou de madrugada e ter ótimos resultados. Lembrando que o mais importante é manter uma rotina. O corpo se adapta a praticamente qualquer coisa, desde que tenha tempo para se acostumar.

          Bons treinos!!!!!!

contato@evolveswim.com

Deixe uma resposta

Seguir

Acompanhe nossas noticias

%d blogueiros gostam disto: